.

.

segunda-feira, 21 de maio de 2018

AFRICANOS RESGATADOS EM SÃO JOSÉ DE RIBAMAR SERIAM USADOS EM TRABALHO ESCRAVO EM SP E RJ, SUSPEITA PF

A Polícia Federal trabalha com a hipótese de que os 25 africanos que estavam em um catamarã resgatado por um barco pesqueiro em alto mar próximo à cidade de Camocim no Ceará e conduzido para o porto de São José de Ribamar, seriam vítimas de tráfico humano realizado por dois cariocas, que também estavam na embarcação que saiu do continente africano com destino ao sudeste do País.

Segundo suspeita a PF, eles seriam utilizados em trabalho escravo em São Paulo e no Rio de Janeiro. Mas uma tempestade danificou o catamarã e o grupo ficou à deriva em alto mar.

Na versão da dupla brasileira, eles foram buscar um catamarã em Cabo Verde e quando retornavam ao Brasil, encontraram e acolheram os africanos que estavam entregues à própria sorte depois que uma tormenta praticamente destruiu o barco com que pretendiam aportar na costa brasileira.

Os dois cariocas foram conduzidos para sede da PF e os africanos, em sua maioria da Nigéria, Senegal e Guiné receberam documentações provisórias e foram fazer uma avaliação médica em um hospital de São Luís, antes de serem encaminhados para o ginásio Costa Rodrigues, providenciado como abrigo pela secretaria de Direitos Humanos do governo do Estado.

De acordo com os primeiros atendimentos que receberam ainda no porto de São José de Ribamar, o estado de saúde dos “refugiados” foi considerado boa, e apenas um deles apresentava um machucado na cabeça.

O comandante da embarcação que resgatou os “refugiados”, Moisés dos Santos, disse que um deles afirmou que estavam cinco dias sem comer e que, antes de acabar o estoque de comida, se alimentavam com dois biscoitos por dia.

Sem confirmar a suspeita da polícia, os africanos que falam português disseram apenas que possuíam parentes no Brasil e esperavam encontrá-los para iniciar uma nova vida no País. O delegado da PF, Roberto Chaves, disse que eles pagaram em ouro e entre 700 euros e 800 dólares pela viagem.


Fonte: Blog do Gilberto Lima

GOVERNO ESTIMA PAGAR R$ 2 MILHÕES PARA MONITORAR IMPRENSA NO MA

O governo Flávio Dino (PCdoB) prepara uma licitação para contratar empresa de clipping de notícias. O pregão está marcado para o dia 23 de maio. Segundo o edital, os comunistas estimam gastar R$ 2 milhões com o serviço, que inclui “clipagem de notícias dos veículos de rádio, revista, jornais impressos e tv, relacionadas do governo do estado do maranhão e todas as secretarias de estado, com elaboração de diagnóstico, monitoramento, relatório mensal de avaliação consolidado, balanço descritivo e analítico”. O contrato terá vigência de um ano.
Fonte: Blog do Gilberto Léda

PT QUER QUE JUSTIÇA LIBERE LULA PARA OS DEBATES

O PT estuda a hipótese de requerer autorização judicial para que Lula participe de debates com os demais presidenciáveis. Alega-se que a prisão não suspendeu os direitos políticos do condenado. Sustenta-se, de resto, que privá-lo de participar dos embates com os rivais violaria o princípio da “isonomia”.
A Lei da Ficha Limpa prevê que condenados por órgãos colegiados se tornam inelegíveis. Isso permite que o Tribunal Superior Eleitoral negue um eventual pedido de registro da candidatura de Lula, pois ele foi sentenciado pelo TRF-4 a 12 anos e 1 mês de cadeia no caso do tríplex no Guarujá.
O petismo argumenta, contudo, que Lula não pode ser retirado da disputa presidencial enquanto houver possibilidade de recorrer aos tribunais superiores contra sua condenação. Nessa versão, contestada por ministros do TSE, Lula só será um ficha-suja depois que a sentença transitar em julgado, com decisão final e irrecorrível do Supremo Tribunal Federal.
O TSE já indeferiu, em caráter liminar, um pedido do PT para obrigar UOL, Folha e SBT a incluir um representante do partido num ciclo de sabatinas com presidenciáveis. Agora, o partido cogita ir além, reivindicando a participação do próprio Lula nos embates eleitorais. Analisa-se a conveniência de protocolar o pedido na justiça comum, não na eleitoral.
Decidida a tratar a hipotética candidatura de Lula como um fato consumado, a cúpula do PT realizará nesta semana uma reunião para estruturar a campanha.
Fonte: Blog do Josias de Souza

sábado, 19 de maio de 2018

UMA VEZ...


    UMA VEZ...
Carlos Machado

Uma vez amei tão intensamente
Que deixei de existir.
O meu mundo deixou de ser meu
e a vida não me pertencia mais.
O que suponha haver era de outrem
não sabia ser eu e, gostava de não ser, era feliz assim.

Até que um dia
a infantil alegria que me sorria
se desfez como partículas ao vento.
O meu ar deixou de respirar
o meu viver perdeu a inspiração
o terror tocou meu medo
gritos de dor silenciaram a emoção
E o peito expôs os antros do coração.

Confuso num emaranhado de alucinações
psicologicamente atinado por vãs divagações
busquei restaurar a autoestima.
Digladiando com a solidão
tentei reconquistar a sanidade
anulando de dentro da alma a saudade.

Tentativas frustradas dilaceram a realidade
tempo passado engole o presente
e a utopia alegra a nostalgia permanente.
E assim, vivendo meu mundo de fantasia
quem sabe um dia o destino apronta
e na existência do faz de conta
a fugaz felicidade me assuma de vez
E eu volte a ser meu, outra vez.



MÃE ERA CONIVENTE COM OS ABUSOS NA FILHA COM MEDO DE PERDER O MARIDO

A Polícia Civil de Paulínia (SP) prendeu a mãe e o padrasto de uma adolescente de 16 anos por estupro de vulnerável. Segundo o delegado Rodrigo Galazzo, a mulher era conivente com os abusos por "medo de perder o companheiro". "Ela não queria que a menina denunciasse. Ela sabia e não queria ficar sem o amásio". Bilhete com pedido de socorro a uma amiga da escola.

De acordo com a Polícia Civil, a menina resolveu fazer a denúncia após ler sobre outros casos semelhantes recentes na cidade e que resultaram na prisão dos estupradores. No dia 4 de maio, um vigilante de 56 anos foi preso por abusar das três filhas - uma delas, de 11 anos, entregou um bilhete com pedido de socorro a uma amiga da escola.

 A mãe e o padrasto foram presos temporariamente por 30 dias, e foram indiciados. O delegado explicou que irá pedir pela prisão preventiva do casal. “Pôr a mãe se omitir, ela vai responder pelo mesmo crime, de estupro de vulnerável", explicou Galazzo.


Fonte G1

MARANHÃO: AÇÃO REQUER DEVOLUÇÃO DE VEÍCULOS APREENDIDOS PELO GOVERNO DO ESTADO

Uma ação popular, ajuizada na Vara de Interesses Difusos e Coletivos da Comarca de São Luís, pelo advogado Luiz Djalma Cruz Neves, pede a devolução de todos os veículos apreendidos por ordem do governador Flávio Dino (PCdoB) por causa de débitos do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA). Em sua petição, o profissional do Direito argumenta que o Estado reconheceu a ilegalidade que vinha cometendo ao baixar, recentemente, decreto suspendendo o recolhimento dos bens dos cidadãos em blitze de trânsito, realizadas pelo Batalhão de Policiamento Rodoviário (BPRv).
Ao mover a ação popular, que tramita desde maio de 2017, o advogado pleiteou, inicialmente, a concessão de uma liminar, para que a administração estadual não mais apreendesse veículos nas fiscalizações de trânsito. Com a edição, no último dia 8, do decreto estadual que suspendeu a apreensão dos veículos, por causa de infrações leves e médias, o que inclui os débitos de IPVA, Djalma Neves resolveu requerer também que o Estado devolva os automóveis apreendidos em razão de pendências tributárias.
Respalda o pedido o entendimento firmado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) de que a apreensão de veículos por dívidas tributárias viola a moralidade administrativa e outros princípios constitucionais. “Sendo assim, merece ser julgada procedente a presente ação popular, com concessão de liminar para suspender os atos administrativos lesivos à moralidade administrativa, bem como a diversas outras normas constitucionais”, registra o advogado em um trecho da ação.
Em resposta ao pleito, a Justiça proferiu despacho informando que iria analisar o pedido de liminar, após o prazo para oferecimento das contestações e da intimação do Ministério Público.
Em sua manifestação, o Departamento Estadual de Trânsito (Detran), um dos requeridos na ação, alegou ausência de interesse de agir e reafirmou a legalidade das apreensões de veículos.

sexta-feira, 18 de maio de 2018

NÃO DÁ PARA ACREDITAR, MAS ESTÁ DIANTE DOS OLHOS

Nem o mais azarento cético de Coelho Neto imaginava que o prefeito Américo de Sousa faria uma administração tão desastrosa. Levando em consideração o crítico feroz que sempre foi e que demostrava ser profundo conhecedor dos problemas do Município nas gestões alheias, esperava-se um mínimo de preparo para quando assumisse a prefeitura, coisa que parecia inevitável.

A saraivada de denúncias apresentadas contra a gestão, com suspeitas de licitações fraudulentas, da utilização indevida de recursos públicos municipais e federais e a incompetência demostrada no gerenciamento de áreas como a educação, saúde, transporte escolar, infraestrutura, geração de emprego e renda, com taxas de desemprego altíssimas e o comércio local indo à falência, e a truculência do gestor em se fazer de cego explica o porquê de somente 3% de aprovação popular, segundo a última pesquisa de opinião distribuída na cidade.

Sem comentar os problemas de menor monta, mas que igualmente, afetam a população, o prefeito transformou-se, em 1 ano e 5 meses, segundo a opinião de muitos, no pior gestor já visto na longeva história política do Município de Coelho Neto. Isso, levando-se em consideração as muitas falhas e deficiências de todos os anteriores.

Salva-se, na atual gestão, algumas reformas de escolas, e parece ser só. Talvez, se Américo não tivesse falado tanto dos outros estaria navegando em mar de brigadeiro, mas como a língua é o juiz mais severo que existe, hoje ele amarga o descrédito, a descrença e atiça a ira daqueles que pensaram uma coisa e deu em outra. Espera-se que o prefeito acerte o passo e que aprenda com os erros de quem ele criticava e com os seus próprios, pois o povo não pode pagar o pato por causa da incompetência e do castigo alheio.

Fotografia: Blog do Samuel Bastos

IRMÃO DE PREFEITO MORRE E TRÊS FICAM FERIDOS EM GRAVE ACIDENTE

José Leandro Lopes Coelho, irmão do prefeito de Bom Jesus das Selvas, Fernando Coelho (PCdoB), morreu em um grave acidente, por volta das 11h da manhã de quinta-feira (17), no km 591,4 da BR 222. O acidente, tipo colisão frontal, envolveu três veículos e foi causado por uma tentativa de ultrapassagem mal sucedida.

De acordo com os levantamentos realizados pela equipe da Unidade Operacional da PRF em Açailândia, a carreta Volvo/FH 540 6x4T, com semireboque, teria iniciado uma ultrapassagem sobre o caminhão M. Benz/L1113, utilizando-se de parte da faixa contrária, quando se deparou com a caminhonete Chevrolet  S10 LT DD2, conduzida por José Leandro Lopes Coelho, trafegando no sentido oposto.

O motorista da carreta ainda tentou manobra evasiva voltando para sua mão de direção, mas não obteve sucesso. Os dois veículos colidiram frontalmente e a carreta também abalroou lateralmente o caminhão que estava sendo ultrapassado.

Após a colisão, os ocupantes da caminhonete foram jogados para fora do veículo. Eles possivelmente não faziam uso do cinto de segurança. José Leandro, que seguia de Bom Jesus das Selvas para a cidade de Açailândia, faleceu no local e o passageiro foi socorrido em estado grave para o hospital.

O motorista da carreta ficou com lesões leves. Já o motorista do caminhão teve lesões graves e foi levado para o Hospital de Bom Jesus das Selvas.

Fonte: Blog do Gilberto Lima

A LAVA JATO ENCARCERA A FINA FLOR DO PODER PETISTA

O TRF-4 rejeitou nesta quinta-feira o último recurso que separava José Dirceu da cadeia. Trata-se de um embargo de declaração do embargo infringente, eufemismo para embromação. Com o retorno de Dirceu para o xadrez, o PT chega a um ponto situado muito além do fundo do poço. Lula e os nomes que ele próprio considerava como opções presidenciais —Dirceu e Antônio Palocci— foram dissolvidos pela Lava Jato. Fica demonstrado que um raio pode cair várias vezes sobre o mesmo partido.

A Lava Jato encarcerou a fina flor do poder petista. No momento, o PT é presidido por uma boneca de ventríloquo: Gleisi Hoffmann, ré da Lava Jato, prestes a ser julgada no Supremo. Sua única missão é convencer a plateia de que Lula, preso e inelegível, retornará ao Planalto. Embora tenha ultrapassado o fundo do poço, o PT escolheu viver no mundo da Lua. E a pergunta de Palocci continua ecoando: “Até quando?”
Leia mais no Blog do Josias de Sousa

quinta-feira, 17 de maio de 2018

FLÁVIO DINO: O CARRASCO DOS PROFESSORES DO MARANHÃO

Deputados da bancada que apoia o governador Flávio Dino (PC do B) na Assembleia Legislativa aprovaram ontem, (16), a medida provisória nº 272/2018, que versa sobre os vencimentos dos professores do Estado.

A Medida Provisória trata de forma desigual professores da mesma categoria criando reajustes diferenciados, quando o Estatuto do Magistério diz que qualquer reajuste deve ser igual para todos, ou seja, o governo Flavio Dino, com a MP, cria classes diferentes de professores concedendo reajustes diferenciados dependendo do nível.

Em 2017, os comunistas mudaram a forma de reajuste salarial que era, de acordo com a Lei do Estatuto, sobre os vencimentos para a chamada GAM, agora cria reajustes diferenciados visando perseguir professores que não rezam na cartilha comunista, além de não cumprir os reajustes conforme determina a Lei Nacional do Piso.

No mundo da enrolação e na mídia nacional o governo comunista alardeia que o Maranhão paga o melhor salário do Brasil para os seus professores, mas no mundo real o professor vem sofrendo constante desvalorização salarial e moral.

Enfim, o carrasco Flávio Dino e seus “meninos de recado” na Assembleia Legislativa fazem o que querem com os professores do Estado modificando Leis e Estatutos, ao seu bel-prazer, tudo de acordo com o sindicato pelego da categoria.